27.10.05

HÁ NO FIRMAMENTO

Há no firmamento
Um frio lunar.
Um vento nevoento
Vem de ver o mar.

Quase maresia
A hora interroga,
E uma angústia fria
Indistinta voga.

Não sei o que faça,
Não sei o que penso,
O frio não é passa
E o tédio é imenso.

Não tenho sentido,
Alma ou intenção...
Estou no meu olvido...
Dorme, coração...

Fernando Pessoa

6 Comments:

Blogger TMara said...

bjs e;)

5:08 AM  
Blogger badger said...

Grande Fernando Pessoa.......

10:01 AM  
Blogger Claudia Perotti said...

Pessoa é tudo!
Beijos

7:48 AM  
Blogger A.na said...

Constante desassossego este...
Um abraço.

4:56 PM  
Blogger Maria said...

Fernando Pessoa, como já afirmei várias vezes, é para mim, o génio dos génios. Não há palavras que cheguem paro o descrever.

4:28 AM  
Anonymous Anonymous said...

Best regards from NY! lee county fishing guides Cheap calls thailand Buy new audi quattro a4 Virgin lesbian films fat+woman+handjob adderall xr xenical feel better no oil Free slot machines com 19 professional wooden roulette wheel

2:24 PM  

Post a Comment

<< Home